Workshop “Introdução ao Fluxo de Trabalho em Lightroom”

Estão abertas as inscrições para o workshop “Introdução ao Fluxo de Trabalho em Lightroom”!

Voltado para iniciantes no software, para fotógrafos hobistas, profissionais e para quem pretende se profissionalizar.
Também para quem já utiliza o programa, porém só estudou via internet ou por conta própria.

Dias 16 e 17 de março, sábado e domingo, das 13:00hr às 19:00hr.
Super intensivo, tudo num único final de semana!
Serão 12 horas de conteúdo prático, com muitos macetes para ganhar a tão sonhada agilidade na hora de finalizar suas fotos, sejam de uma viagem, de um ensaio ou da cobertura de um evento.

Vagas limitadas – Sendo que 30% delas já estão preenchidas antes desta divulgação.

Para dúvidas e inscrições entre em contato pelo WhatsApp 19 9 8117 7755.

……….
Vídeo por Fernando Nunes / Vida Foto

Anúncios

Workshop “Introdução ao Fluxo de Trabalho e Tratamento em Adobe Lightroom e Photoshop”

ws_tratamento_QUADRADO

 

Voltado para iniciantes em Lightroom e em Photoshop que possam levar para as aulas notebook ou desktop com os programas previamente instalados, o workshop INTRODUÇÃO AO FLUXO DE TRABALHO E TRATAMENTO EM LIGHTROOM E PHOTOSHOP apresentará os conceitos básicos do fluxo de trabalho dentro do Lightroom, direto ao ponto – Nada de ir botão por botão. Será prático e direto, batendo em questões do dia a dia do fotógrafo dentro do programa.

Desta forma será bom para quem pouco usou o Lightroom (ou mesmo nunca usou), como para quem usa o Lightroom e não sente segurança quanto a utilização do software da forma mais produtiva, por conta da funcionalidades que podem passar despercebidas, dos pequenos macetes práticos que serão apresentados.

Depois da apresentação do fluxo de trabalho no Lightroom (importação > gestão > tratamento > exportação), o conteúdo do workshop passa para as dúvidas que os alunos levarem sobre o Photoshop. Tratamento de pele, redução de medidas, como eliminar elementos que podem atrapalhar a cena, enfim, serão apresentadas a forma como o fotógrafo solucionaria as dúvidas apresentadas.
……….
INTRODUÇÃO AO FLUXO DE TRABALHO E TRATAMENTO EM LIGHTROOM E PHOTOSHOP
Formato 100% prático

PÚBLICO ALVO
Iniciantes com notebook ou desktop com Adobe Lightroom e Adobe PhotoShop instalados

QUANDO
Dias 18 e 19 de agosto de 2018
Sábado e domingo
Das 13hr às 19hr

INVESTIMENTO
R$ 390,00
Formas de pagamento: Dinheiro, transferência / depósito bancário, cartões de crédito (via Pag Seguro, com taxas das administradoras)

LOCAL
Punctum | Núcleo de Fotografia
Rua Barão de Cascalho, 533, 01 andar
Limeira/SP
http://www.fb.com/punctum.limeira

Inscrições abertas, vagas limitadíssimas!
……….

Programa “RF Com Você”, Rede Família

Link com minha participação no programa RF COM VOCÊ, da Rede Família, dando dicas sobre selfie com celular – E de fotografia em modo geral.
Se o tema te interessa, tem 30 minutos sobre isto no link.

Entrevistado pela Larissa Israel, apresentado pela Marielle Jacon e produzido pelo Gustavo Nolasco.
Com três talentos destes trabalhando juntos, tudo fica mais fácil.
Muito obrigado pelo convite, parabéns pelo programa, foi um prazer recebe-los!

…Em tempo: Que vídeo engorda a gente eu já desconfiava, só não sabia que também deixa mais calvo.

Apresentação no Congresso ABFC

Honrado com o convite para estar no palco do Congresso da ABFC (Associação Brasileira de Fotógrafos e Cinegrafistas).
Não para “palestrar”, mas para um bate papo descontraído sobre mercado, equipamentos e técnicas fotográficas.
Será no dia 19/09 e a entrada é aberta ao público em geral (não precisa ser profissional da área) e gratuita, basta se inscrever antecipadamente no link: https://cesarcruz.typeform.com/to/l7ycHQ
Leve suas dúvidas, será um prazer conversar contigo!
20645312_209409482923854_6175106398707268222_o

Corinne Noordenbos

Noite destas rolou um jantar em Campinas no (lindo!) estúdio do Gui Galembeck e da Tatiana Ribeiro.
O evento foi chamado “Jantar nível Magnum” – Em clara referência ao Martin Parr (fotógrafo da agência Magnum Photos, fundada pelo Cartier-Bresson e Robert Capa) que mencionou a convidada principal da noite, Corinne Noordenbos, como uma das mais fortes influenciadoras da educação em fotografia no mundo.
Ela faria a leitura de portfólio.

Poucos convidados numa noite descontraída, mas enriquecedora.
Não é exagero dizer que apesar de poucas pessoas, muitos dos que fazem acontecer na fotografia do interior de São Paulo estavam lá (Quem está envolvido com a boa fotografia sabe quem são eles).
Me senti honrado e feliz por estar naquela mesa.

Corinne veio ao Brasil para uma série de apresentações, inclusive para ministrar um workshop no novo (que no futuro será chamado de “tradicional”) Festival Valongo.
Mat Guzzo (que além de trabalhar com o Gui é mediador cultural da Bienal SP e foi responsável por trazer a Corinne para o Brasil), traze-la para este jantar foi sensacional.

Apesar das poucas horas de encontro (e alguns ruídos por conta do meu inglês), o papo com a Corinne e com os demais fotógrafos me afetou. Causou um desconforto necessário – E o mais importante, me deu vontade de produzir.
Foi uma daquelas conversas em que você leva fragmentos para o resto da vida.

Em particular dois fragmentos eu guardarei. Uma frase e uma palavra.

Após dizer que me incomodo com a superficialidade de meu portfólio exclusivamente comercial e que me cobro sobre não fazer mais do mesmo, sobre achar tudo muito clichê e me exigir sempre transcender, Corinne leu uma frase pescada por ela em uma conversa entre dois fotógrafos holandeses – Provavelmente dita numa noite como a nossa.
Dizia a frase que um fotógrafo eventualmente deve fazer coisas imbecis, estúpidas, que deve ligar o dane-se, pois isto pode ajuda-lo a encontrar seu caminho autoral.

Não é libertador ouvir um conselho destes vindo de uma mulher com a envergadura dela?

E a palavra foi “vulnerável”.
O contexto em que esta palavra foi dita era que a fotografia que talvez mais toque seu coração enquanto fotógrafo provavelmente será aquela que te deixa mais vulnerável.

Assustador, não?

O post era para ser bem curto, apenas para agradecer o convite para fazer parte desta noite tão especial. …Mas virou isto tudo porque acho que o que é bom precisa ser compartilhado.

Enfim, Tati, Gui, Mat e Mylenna Moterani, obrigado pelo rango, que estava demais.
Parabéns ao Mat, ao Gui, a Tati e a todos os que se envolveram neste esforço em trazer a Corinne para cá, por promover e organizar este jantar.
Valeu aos demais amigos que estavam lá, o papo é sempre bom! Precisamos fazer mais – E juntos! Ninguém faz nada sozinho.

Valeu – Foi foda!

(As fotos são do querido Giancarlo Giannelli)